Sua Redação

Observa-se que muitas discussões têm ocorrido acerca da desigualdade de gênero . Isso acontece devido à construção social voltada ao patriarcado e à visão fixa de que o papel feminino está associado essencialmente ao cuidado; fatos que culminam em preocupantes desigualdades. Desse modo, é imprescindível refletir e intervir em prol da plena harmonia social.
“Nas favelas, no Senado/Sujeira pra todo lado/Ninguém respeita a Constituição, mas todos acreditam no futuro da nação”. De maneira análoga ao denunciado na música da banda Legião Urbana, a omissão Governamental impede a resolução da disparidade de gênero. Essa situação ocorre de tal forma que o trabalho feminino é invisibilizado até mesmo quando se sobressai ao gênero oposto. Dessa forma, muitas mulheres sofrem com falta de autonomia e oportunidades, tendo a sua capacidade sempre ligada a manutenção do lar e têm, infelizmente, os direitos negligenciados, já que não há o respeito à Constituição.
Além disso, conforme o conceito de “Banalidade do mal”, trazido pela filósofa Hannah Arendt, quando uma atitude hostil ocorre constantemente, a sociedade passa a vê-la como banal. Desse modo, isso evidência a irracionalidade em relação à falta de notoriedade do trabalho feminino, configurando a trivialização da maldade que para Arendt, ocorre quando há falta de reflexão sobre os males ao redor dos indivíduos. Nesse viés, percebe-se que a população normalizou esse imbróglio. Como consequência, isso tem gerado marginalização feminina, falta de oportunidades adequadas, problemas relacionados à saúde mental e cargos com divergência salarial entre homens e mulheres.
Portanto, cabe ao Governo instituir duas ações pontuais, uma é instaurar parcerias público-privadas oferecendo isenções de parte dos impostos para grandes empresas. Essa ação se dará por meio de campanhas de visibilidade do trabalho da mulher — divulgadas por essas empresas para diminuir a desigualdade de gênero. Outro ato é o aumento de fiscalização em âmbitos de trabalho inibindo disparidade de gênero em qualquer sentido, o que tem intuito remediar à negligencia governamental e também, a trivialização da maldade para efetivar o elucidado por Hannah Arendt.

Correção

Olá.
A correção foi feita por parágrafos, com apontamentos de cada equívoco cometido ao longo do texto. Ao final, disponho de algumas observações gerais e de dicas para melhorar sua produção.

Introdução (parágrafos 1):
Construção sintática: evite construir períodos muito curtos. (C1)
Pontuação: troque o ponto e vírgula por vírgula. (C1)
Sua introdução apresenta o tema de maneira bastante superficial. Cuidado com isso. (C3)

Desenvolvimento 1 (parágrafo 2):
Articulação: insira um conceito no início do segundo período para relacionar melhor com o anterior. (C4)
Grafia: escreva a palavra “governamental” com letra minúscula. (C1)
A relação entre o repertório e o tema não está adequada, visto que na música que foi apresentada não aponta nada para a questão de desigualdade de gênero, que é o foco da redação. (C2)
Cuidado. O trabalho feminino não está previsto no tema, que aponta para a desqualificação do gênero. Procure relacionar melhor as informações no seu texto. (C3)
Crase: coloque crase em “ligada à manutenção”. (C1)
Parágrafo expositivo. Aqui, foram apresentadas informações de maneira expositiva, sem aprofundamento, sem relacioná-las de maneira clara e objetiva. (C3)

Desenvolvimento 2 (parágrafo 3):
Acentuação: o verbo “evidencia” não recebe acentuação. (C1)
O tema da redação é sobre trabalho feminino ou desigualdade de gênero? (C3)
Pontuação: coloque vírgula antes de “para Arendt”. (C1)
Argumentação com pouco aprofundamento. (C3)

Conclusão (parágrafo 4):
Grafia: escreva “governo” com letra minúscula. (C1)
Pontuação: coloque vírgula depois de “público-privadas”; coloque vírgula depois de “trabalho”; coloque vírgula depois de “governamental” e retire a vírgula depois de “também”. (C1)
Crase: retire a crase em “remediar a negligência”. (C1)
Acentuação: a palavra “negligência” deve ser acentuada. (C1)
Proposta de intervenção 1:
Agente: governo
Ação: instaurar parcerias público-privadas
Modo/meio: por meio de campanhas de visibilidade do trabalho da mulher
Efeito: para diminuir a desigualdade de gênero
Detalhamento: oferecendo isenções de parte dos impostos para grandes empresas
Proposta de intervenção 2:
Agente: governo
Ação: aumento de fiscalização em âmbitos de trabalho
Modo/meio: não apresenta
Efeito: inibindo disparidade de gênero em qualquer sentido
Detalhamento: o que tem intuito remediar a negligência governamental e também, a trivialização da maldade para efetivar o elucidado por Hannah Arendt

Notas por competência
C1 – norma padrão: 160
C2 – compreensão tema / gênero textual: 160
C3 – argumentação: 120
C4 – coesão e coerência: 160
C5 – Proposta de intervenção: 200

Comentário geral sobre o texto:
No seu texto, não há defesa do ponto de vista, visto que você apenas se propõe a apontar poucas informações não fundamentadas sobre o tema. Isso é um problema pois demonstra falta de compreensão do objetivo do texto dissertativo-argumentativo, que é defender uma ideia baseada num tema. Cuidado, pois sua redação fica sem foco argumentativo, vai para vários caminhos e no final não cumpre o objetivo que é defender seu ponto de vista. Então, escolha informações e argumentos que se relacionam, faça essa relação entre eles no seu texto e problematize, apontando, talvez, consequências da permanência dessa problemática social e confirmando a pertinência dos seus argumentos por meio de repertórios.
Atente-se a esses pontos, tudo bem?
Caso tenha dúvidas sobre questões estruturais do texto, não deixe de nos mandar.
Bjin e bons estudos!

INDIQUE E GANHE + 30 DIAS

*Você ganhará 30 dias a mais de acesso à nossa plataforma assim que qualquer colega que você indicou fizer matrícula em nosso curso

Por favor aguarde!

Redação corrigida!

Atenção, sua redação foi corrigida clique aqui para verificar.

Salvar na minha galeria

Confira abaixo o acesso de seus cursos

Você realmente deseja excluir?

Configurações da lista






































Gerador de simulados

Através do formúlario abaixo é possível gerar novos simulados agendados.

Link para consulta: https://cursomeds.com.br/cursos/mentoria/